15 de agosto de 2017

Minhas Vidas (Out on a Limb) - Parte I e II


Neste filme autobiográfico adorável de 1987, a atriz Shirley MacLaine interpreta ela mesma relatando a vivência de seu despertar espiritual, seu romance secreto com um importante político da Inglaterra, o seu contato com seres não-físicos e a famosa viagem ao Peru, onde conseguiu fazer projeções astrais conscientes com a ajuda de um amigo, um contatado por uma extraterrestre das Plêiades. O FILME NÃO É FICÇÃO.
Shirley MacLaine sai a procura de si mesma, em busca de ligação entre matéria e espírito, pois sentia que faltava em sua vida um sentido, uma direção, um objetivo. Sua jornada espiritual foi longa, porém reveladora e espantosa em todos os momentos. Entrou em contato com dimensões de tempo e espaço que até então para ela, pertenciam a ficção científica ou mesmo ao oculto. "Se você quer pegar o fruto da árvore é preciso ir além do limbo".





7 de agosto de 2017

Terra - Chaves Pleiadianas para a Biblioteca Viva

Galvanização da Deusa

Bárbara Marciniak




Resultado de imagem para terra chaves pleiadianas para a biblioteca viva


Aceitar a Deusa abrirá a Biblioteca Viva a vocês e lhes ensinará os segredos guardados profundamente no seio da Mãe Terra, pois quem é a Mãe Terra se não a própria Deusa?


+  
 +
                                                                                 +

Quando pensam no Criador Primordial, o que ou quem vocês imaginam?
Na sociedade em que vivem, foi-lhes ensinado que a energia de Deus representa a fonte e que a energia feminina representa o uso ou atividade dessa fonte. Diríamos o contrário: o feminino representa a fonte e o masculino representa como a fonte é usada. É verdade que o Criador Primordial é uma vibração feminina. A Fonte, como a conhecemos, é uma vibração feminina. Os consortes desse princípio feminino, a vibração masculina, competindo pelo amor da Deusa começaram a se fragmentar num mau uso da energia, há milhões de anos. Vocês constituem uma parte fragmentada desse mau uso da energia. Dois pleiadianos, filhos de um deus medíocre, tomaram posse da Terra, batalharam entre si e criaram o dilema atual. Num quadro maior, foi uma pequena disputa familiar. A divina Deusa Mãe fragmentou-se e assumiu muitas formas a fim de ser a consorte de numerosos deuses. Estes queriam se apaziguar, amar e estar nessa vibração da Mãe, porque ela era a fonte de todas as forças vitais criativas.
A Deusa é de uma consciência que permite todas as coisas. É a fonte que mantém todas as coisas reunidas, a cola da criação. Este é um conceito difícil de ser absorvido por algumas pessoas. É difícil para as mulheres conceber uma entidade poderosa, que corre através do próprio sangue, numa semelhança com elas mesmas. É chocante para os homens pensar que, talvez, uma vibração feminina possa ser a fonte que está por trás de todas as coisas. Sintam no âmago de suas identidades, a nutrição, a dádiva e o mistério da Mãe. Haverá um retorno e um despertar da energia da Deusa Mãe. Vocês verificarão, nesta década, que todas as religiões estão baseadas num falso ideal. Todas elas se baseiam num movimento patriarcal, controlador e insensível, quando, na realidade é a Deusa Mãe que está por trás de todas as coisas. Nós, nas Plêiades, descobrimos a causa básica de nosso mau uso da energia: nós não honramos a Mãe. Fizemos coisas para chamar a atenção da Mãe. Contudo não valorizamos a criação da Mãe, a dádiva da Mãe. O planeta de vocês precisa aprender quem a Deusa é como criadora. Isso é imprescindível. Compreender o lado escuro da Deusa faz parte da exploração da energia dela, porque a Deusa fez algo para perder o poder que tinha. Isso se
encontra nas células do ser humano, porque todos vocês, homens e mulheres, possuem a Deusa em seu interior. A Deusa nascerá através de vocês, sejam vocês do sexo masculino ou feminino. Houve um declínio e uma queda da Deusa por razões muito importantes. A energia da Deusa sempre reconheceu os direitos da fertilidade. A energia dela não é como no mundo ocidental; para ela, o sexo não era vergonhoso. A Deusa amava o sexo, que é, obviamente, a herança natural dos humanos. Porém, como em todas as coisas, a energia sexual foi mal utilizada.
Chegou uma época, dentro do domínio da Deusa, em que houve um enorme abuso da vibração masculina. As mulheres, influenciadas por fontes externas, perderam seu respeito e parceria com os homens e o senso de unidade entre homens e mulher. Após um tempo, dentro do domínio da Deusa, os homens se tornaram nada mais do que reprodutores. As mulheres ficaram tão perdidas no poder da Deusa, que os homens não eram mais considerados como iguais. Eram considerados como objetos para o exercício dos direitos da fertilidade. Muitos homens foram mortos após os rituais de fertilidade com representantes da Deusa local. As mulheres fizeram mau uso da energia sexual dos homens, criando a relação atual. Isso tudo está mudando e vocês encontrarão a Deusa, com compaixão, entrando nas vidas dos que desejam sentir. A energia da Deusa foi, numa certa época, impregnada de uma tremenda força negativa e tornou-se distorcida em seu propósito. Isso ocorreu nos tempos pré-cristãos. Então, o pêndulo balançou para o outro lado, de modo que, quando a vibração masculina começou a desempenhar o seu papel, atuou com veemência em resposta àquilo que algumas mulheres haviam feito. As memórias de vocês estão armazenadas em suas células e sangue e vocês determinaram sua experiência pelas escolhas que fizeram. Vocês foram revestidos de uma energia divina negativa e controladora, e é hora de a Deusa ser reconhecida. É necessário que haja um equilíbrio, sem que adorem uma vibração mais do que outra. Os homens, ao honrarem a Deusa, aprenderão a honrar à vida. As mulheres aprenderão a redefinir a forma de trazer um ser à vida. A vida pode chegar com um grande orgasmo no parto. Essa é uma área na qual vocês vão reestruturar suas crenças e experiências.
Quando vocês exploram a Deusa, começam a dar valor à vida. Quando valorizam a vida, não superpovoam a Terra e não matam. O que precisa estar na vanguarda do paradigma do mundo é uma compreensão do que é a vida, do que é a morte, do que são todas as espécies e do fato de que tudo está interligado – tudo está ligado à mesma fonte. O movimento patriarcal mudou a história dos humanos, banindo a Deusa para o campo do mito e da lenda. Onde encontrar a Deusa na Bíblia, no Corão, no Tora. A batalha entre a Deusa e o patriarcado tem sido ininterrupta, e, hoje, vocês se encontram tão afastados da energia da Deusa que nem mesmo possuem uma imagem ou modelo de quem a Deusa Seria. Que sociedade ocidental vocês conhecem que honra a Deusa? Contudo, o portão de entrada
para a costa leste dos Estados Unidos é representado por uma garbosa mulher segurando uma tocha. A Deusa é muito generosa. Ela permaneceu por trás da cena nessa batalha do patriarcado, porque sabe que é a força criativa em todas as coisas e que todas as coisas precisarão finalmente encontrá-la. Em sua generosidade, ela permite. O que significa dar à luz, amar o que se cria e permitir que essa criação atravesse o processo de evolução sem interferências? É um amor que protege ou é um amor que dá liberdade? Se uma força divina protegesse as próprias criações, controlaria o que aprende com suas criações e, portanto, poderia aprender só dentro de limites – só o que aquele tanto permitisse. Uma força que permite todas as coisas ter a oportunidade de aprender de inúmeras maneiras, porque tem a capacidade de dizer: “Mostre-me. Ensine-me. Eu sou você. Você sou eu”. Esse é um estado de consciência. Gostaríamos que cada um de vocês conhecesse a Deusa. Estabeleçam como objetivo chamar, de alguma maneira, a Deusa para si mesmos. Convidem-na a ensiná-los sobre a vida. Ela começará a trabalhar com vocês de maneira muito profunda. Muitos de vocês chamaram a nós, os pleiadianos, para a sua vida. Brincamos com vocês e vocês conhecem nossa vibração, nosso humor, nossos truques – até nós trabalhamos com a Deusa.
As coisas precisam mudar. A Deusa está, de fato, orquestrando eventos como parte da solução. A energia da Deusa trabalha com o coração humano para mantê-lo aberto. Pedimos a vocês para que mantenham o coração aberto, não apenas para si mesmos, mas também para aqueles que cruzam o seu caminho nesta época de grandes lições. Se vocês honrarem o princípio feminino dentro de si mesmos e no planeta, esse reconhecimento servirá como nova base para as comunidades e civilizações. Queremos que busquem essa força vital. Olhem para além daquilo que lhes foi ensinado. Encontrem a porção da Deusa, a energia feminina existente tanto no homem quanto na mulher, que está esperando vir à luz. Alegremente observem como podem afetar outros e como eles falarão a respeito das coisas que vocês estão descobrindo. Tudo o que estão aprendendo será ampliado e transmitido telepaticamente, de modo bastante audível, para aqueles que estão compartilhando esta jornada com vocês. A Deusa Mãe representa o princípio do amor. Mencionamos a frequência da luz – luz sendo informação – e a frequência do amor, atraindo a criação. A face inferior mais profunda da informação pleiadiana é sua sensualidade e sua sexualidade – sua criação através da vibração de amor com a Deusa. Trabalhar com a energia da Deusa requer uma exploração mais profunda do princípio feminino. É tempo de se falar, mostrar e compartilhar o conhecimento das mulheres, de uma maneira mágica, mística. É tempo de as mulheres descobrirem mais sobre seus próprios mistérios – seus processos de menstruação e nascimento e os ciclos de suas emoções. É tempo de compartilhar isso com os homens. Muitas mulheres: “O que posso compartilhar? Eu mesma não compreendo.” Bem, é tempo de elas se voltarem para dentro de si mesmas e dizer: “O que é isto que estou sentindo? Se tivesse de explicar a alguém o que é ser uma mulher, o que diria? O que posso fazer para me tornar mais como deusa num corpo de mulher – mais uma criadora de magia?” A Deusa interior é aquela que sabe – que leva informação de um sistema para outro.
Conforme avançar a década, haverá um aumento pronunciado de líderes e mestres do sexo feminino, pois a Deusa encarna através do seu gênero. Isso não quer dizer. Isso não quer dizer que Ela não trabalhe com as vibrações masculinas, pois os homens também aprenderão a como encarnar a Deusa. Ela não faz discriminações e não abriga raiva. É uma entidade bastante permissiva. Permitiu que muita coisa acontecesse por éons, de modo que todos pudessem aprender. Agora, a Deusa está exigindo que se honre aquilo que Ela permitiu ser criado através do mistério do sangue – através da verdadeira dádiva de Seu próprio útero. O sangue e seus mistérios constituem a chave para a compreensão de vocês mesmos, de sua linhagem genética e da própria Biblioteca Viva. Vocês são parte de toda a jornada de seu próprio sangue – para frente e para trás no tempo, por assim dizer. Os ancestrais e predecessores dos humanos podem ser acessados, sentidos, experimentados e afetados por uma atenção consciente voltada para o sangue. Como humanos, vocês crescem, alimentam-se e vêm a ser pelo sangue de suas mães. Através das mulheres, essa substância rica e vital aparece, como que por magia. Tanto para o homem quanto para a mulher, o sangramento feminino foi reconhecido tanto como um ato de poder quanto como uma maldição vergonhosa e ridícula.
O sangue é um símbolo vivo, uma evidência cíclica da conexão humana com os ancestrais e com os códigos de consciência armazenados dentro de todos os seres. Vocês constituem uma biblioteca genética e, catalogados em sua essência espiritual, estão os arquivos de experiências pessoais, planetárias e celestiais. Tais experiências encontram-se à disposição de vocês, na forma tridimensional que possuem, através de seu sangue. O sangue de vocês é rico em histórias. Está cheio de padrões e desenhos de natureza geométrica que se reconhecem, de acordo com o estado de consciência e intenção de cada pessoa. Para despertar para uma nova visão de vida, é preciso que vocês estejam dispostos a reconsiderar e a fazer mudanças. Os seus pensamentos são registrados por seu sangue. São impressos com fontes distintas, de acordo com os sentimentos que vocês têm, e, então, são irradiados para todos os mundos, para serem lidos. Vocês constituem a soma total de si mesmos na forma física devido a seu sangue. O sangue é produzido dentro das cavernas dos ossos que servem como esqueleto. Ele é rico ou pobre, de acordo com o projeto de intenções do indivíduo e combina-se com a capacidade que a pessoa tem de descodificar a vida como uma série de lições autocriadas. O sangue pode facilmente ser enriquecido e reestruturado. O modo pelo qual o sangue pode ser alterado e enriquecido é através da intenção. Dentro do cérebro humano há minúsculas partículas, semelhantes a magnetos, que são afetadas pelos raios de sol. Grandes ondas de energia e códigos telepáticos para civilizações são enviados por estradas cósmicas, saindo das Plêiades para o sol deste seu sistema solar. O sol transfere essa energia para as pessoas e para a lua. As energias penetram no crânio de cada indivíduo e são mantidas em seu cérebro por esses magnetos, através de um processo eletromagnético.
O trabalho corporal pode mudar a estrutura do sangue. Conforme vocês vão alinhando a sua consciência para se tornarem mais inteiros, o seu sangue vai se purificando. Torna-se algo muito, muito sagrado. As informações são armazenadas nos ossos e nas pedras. Os glóbulos vermelhos do sangue são produzidos na medula óssea. Quando vocês realinham o osso, o que ele faz para o restante do organismo começa a mudar. O realinhamento ósseo purifica o sangue, criando uma linha sanguínea mais acessível e colocando em ordem os segredos interiores da identidade. Frequentemente, as mulheres desdenham seu sangue menstrual, em vez de compreendê-lo como fonte de seu poder. O sangue contém o código genético, e porque a Deusa Mãe é a fonte de todas as coisas, é d’Ela que provém o código. É no sangue que se oculta a história. O sangue menstrual pode ser empregado para nutrir a vida vegetal, para marcar a Terra e deixá-la saber que a Deusa está novamente viva. Em geral, as mulheres não mais sangram sobre a Terra. Fazer isso constitui uma transferência direta da energia da Deusa. Quando as mulheres colocam seu sangue sobre a Terra, ela é alimentada. Foi dito às mulheres. Foi dito às mulheres, por éons, que seu sangue era uma maldição e elas passaram a temer o próprio sangue. Elas não compreendem que ele é sua fonte e seu poder. Conforme vocês vão colocando de lado antigos tabus e trabalham com o sangue menstrual, verão que têm um efeito diferente sobre os animais e plantas da Biblioteca Viva. Mulheres: se vocês ainda menstruam, tornem-se sabias, honrando o próprio sangue e o próprio corpo. Seu sangue constitui uma das mais elevadas fontes de fertilização e demarcação territorial que vocês podem utilizar. Compreender os mistérios do sangue é a chave para a conexão com a fonte do próprio poder e de um profundo conhecimento interior.
Vocês podem marcar a terra onde vivem com seu sangue menstrual. Podem começar com os pontos cardeais: norte, sul, leste e oeste. Então, com o tempo, podem continuar a estampar a Terra, dando pinceladas numa tela. Podem diluir o sangue com água, aumentando, assim, a quantidade. Podem abençoá-lo e usar cristais para manter a vibração. Esse processo é considerado como a demarcação do território da Deusa. Atrairá plantas e animais que tenham uma nova vitalidade e sintam que são um com a Deusa. Numa série de histórias humanas antigas, o sangue foi empregado para afastar o mal ou para estabelecer intenções. Ninguém ousaria tocar numa porta que fosse marcada com sangue menstrual. Naquela porta ou naqueles que vivem por detrás dela, porque compreendia-se que a Deusa reinava ali. Naqueles tempos antigos, a Deusa ainda era respeitada. Compreendia-se que, quando alguém brincava com a Deusa ou desobedecia a Ela, seu trabalho não era divino. Ao construírem e desenvolverem novas comunidades, sugerimos que as mulheres de todas as idades se reúnam com a intenção de compreenderem o período menstrual e de compartilharem com os homens o poder e o conhecimento que possuem como chaves. Explorem os mistérios do sangue como um processo natural da vida comunitária. O corpo feminino, com seus ciclos, cria a imagem da vida. É muito importante que as mulheres compreendam o poder. Pensem a respeito da dinâmica envolvida na gestação de uma criança. A mulher mantém uma força vital, que cria movimento e deseja nascer. Há um poder misterioso nisso. É tanto poder que a vibração masculina veio a temer o processo e a magia do nascimento. Porque o macho esqueceu como dar à luz no planeta através de seu corpo, sentiu-se ameaçado pelo poder da fêmea. Os homens precisam acostumar-se com o sangramento feminino e apoiá-lo. Tempo virá em que vocês desejarão conhecer a própria linhagem e a responsabilidade de engravidar de maneira apropriada e no tempo certo, porque a vida tornar-se-á muito valiosa.
A menstruação passará a ser uma parte muito importante da comunidade. À medida que as mulheres alcançam a compreensão através desse poder, a Deusa se galvaniza e retorna a todos vocês. Se desejam uma horta fértil, a melhor horta da cidade, usem o seu sangue diluído com água. Essa horta florescerá. Vocês verificarão que o sangue pode acelerar o crescimento dos alimentos. Ele acelerará muitas e muitas coisas. Não há erro na menstruação. É uma das maiores dádivas. É o elixir dos deuses. Mulheres aborígenes recolhem seu sangue menstrual em bolsas e o empregam para curar feridas. Há muitas coisas que as mulheres podem fazer com o próprio sangue. Algumas mulheres não gostam da ideia de serem mulheres. Quando menstruam, acham desagradável, desconfortável, doloroso, uma experiência e um período inconvenientes. Os homens frequentemente não têm qualquer ideia do que acontece; assim, é complicado para eles também. Nos próximos dias, façam contato com a Deusa, abram o coração e descubram onde o sangramento pode levá-los e o que pode ensinar-lhes, pois no processo da menstruação repousam muitas chaves para o ressurgimento da Deusa no planeta. É preciso voltar a compartilhar o poder através da parceria. Há muitos outros mistérios a serem revelados e reinterpretados. Alguns de vocês podem estar se perguntando por que estamos tratando deste assunto. Ele é muito importante. Se não estão interessados na energia da Deusa e nos mistérios do sangue, afirmamos que perderão uma parte integral da vida e não compreenderão o que está acontecendo no planeta. Se ele “desliga” vocês ou se acham que é irrelevante, estão completamente enganados. Este é um dos mais vigorosos ensinamentos que podemos lhes dar nesta época para ajudá-los a compreender o que está para vir. O que precisam, como homens e mulheres, é completa e totalmente honrar a vibração da Deusa que chega através de seus corações e ajuda a abri-los.
O sangue menstrual é altamente oxigenado, é o sangue mais puro e transporta DNA descodificado. É o oxigênio que descodifica as fitas de DNA e permite a reestruturação dos dados. Os cientistas da Terra estão brincando agora com a terceira fita do DNA. Estão aprendendo como construir fitas de DNA baseados em luzes de fótons – fibras do corpo que chamamos de filamentos de códigos luminosos. O mistério do sangue tem sido subvertido nas religiões modernas. Vocês já se perguntaram sobre a comunhão cristã? Foi-lhes dito para comer o corpo e beber o sangue de Cristo. Qual é o significado disso? Se vocês foram criados como cristãos, já se cansaram de ouvir estas palavras: “Este é o meu corpo. Este é o meu sangue.” Esse ritual é uma distorção. Comer o corpo e beber o sangue é um convite ao canibalismo e baseia-se numa antiga e não curada infusão reptiliana. Uma coisa patética desse planeta é a tendência das multidões de defender uma causa sem saber verdadeiramente a respeito do que ela trata. A era da ignorância está terminando. Vocês estão chegando à era do saber abençoado. Lançamos algumas frases-chave que significam algo para a mente de vocês, usando som. Contudo, num outro nível, há uma linguagem sendo falada, que é descodificada pelos corpos humanos, exatamente como os círculos nas plantações.
Queremos acrescentar algo mais a esse caldeirão. A lua influencia os ritmos terrestres. Quem pode dizer que isso não foi planejado? A lua rege o fluxo de energia do corpo, do mesmo modo que governa as marés do planeta. É um computador eletromagnético muito potente. Se a lua afeta as marés, também afeta as marés do corpo humano, o sangue desse corpo e os hormônios desse sangue. Este planeta já passou por diferentes ciclos, acompanhados pelas oscilações do pêndulo. Houve um longo reinado da energia matriarcal na Terra. Depois, a energia patriarcal passou a reinar e erradicou qualquer indicação da liderança e do conhecimento femininos. O conhecimento feminino simplesmente passou para o mito e a lenda, onde se reconhecia a mulher como participante e receptora de vida. Ela se sentiu ligada à teia da existência através do processo de nascimento. Houve um tempo em que forças de inteligência extraterrestre trabalharam para ativar os princípios femininos. Fez-se isso por causa da capacidade feminina de sentir e dar à luz. É daí que provém a associação feminina com a lua. Houve uma influência proveniente da lua, que transmitia um programa de energia feminina. A lua é como um grande computador; assim, seres e formas de inteligência diferentes podem possuir a lua ou ter a capacidade de programá-la. Houve seres que programaram a lua para um ciclo feminino. Isso é lembrado porque envolveu uma época de amor e benevolência. Depois, naturalmente, as coisas mudaram. A energia proveniente da lua tem emitido frequências eletromagnéticas sobre a Terra por éons para manter o DNA de duas fitas. Não fiquem zangados com a lua por fazer isso. Não há nada de errado com ela; está apenas transmitindo programas. A lua estabelece um programa de procriação dentro das mulheres. Esse ciclo reprodutivo cria a possibilidade de gerar crianças muito mais frequentemente do que o ciclo solar.
Compreendam que a luz delineia o programa de procriação dos humanos. Porém, como espécie, vocês podem passar para um novo ciclo na procriação. Isso ajudará a estabilizar a população que está correndo solta no planeta. Há, hoje, o temor de que a população dos Estados Unidos se duplique num curto espaço de tempo. Vocês já estão estourando os limites. Nos próximos cinquenta anos, haverá uma influência diferente sobre a lua e os ciclos lunares mudarão os ciclos terrestres. Tudo irá mudar drasticamente. As mulheres têm a possibilidade de procriar mensalmente. Se tal possibilidade se reduzisse a apenas uma vez por ano, seria muito diferente. As mudanças irão alterar todo o ciclo feminino, de modo a mudar a taxa de gestação. O sistema atual não funciona. Vocês se destruiriam com a superprodução. Neste estágio de explosão da população mundial, não é conveniente para vocês essa disponibilidade para a concepção a cada ciclo lunar. Durante séculos, a parteira foi considerada como a maior inimiga da religião cristã, porque podia aliviar a dor, falar a outras mulheres sobre os mistérios de seus corpos e porque compreendia as ervas como uma parte sagrada da Biblioteca Viva. A religião cristã tornou-se muito patriarcal e temerosa da Deusa e das mulheres. Temia que o poder feminino tirasse autoridade da igreja e dos homens. A questão do aborto não tem nada a ver com o fato de a mulher poder fazer ou não um aborto. Foi planejado para manter as pessoas separadas e confusas a respeito da energia feminina. É um plano contra a Deusa, para retirar o poder das mulheres e fazê-las pensar que não têm escolha ou, se houver escolha, para fazê-las pensar que a escolha é o aborto. Há planos para confundir as mulheres a respeito de seus corpos num alto grau. Isso é certo. Não há problema, porque cada um de vocês escolhe as lições que precisa para aprender. Vocês podem abrir os seus corações e enviar energia de cura para as pessoas, convidando-as a entrar num estado de consciência expandida; porém, não podem fazê-las mudar.
A energia da Deusa está se movendo rapidamente, pronta para trabalhar com aqueles que estão dispostos a se lembrar do chamado dela. As instruções da Deusa são para que honrem os próprios corpos, a Terra e a própria sexualidade, porque é através desse processo que vocês são todos criados. Sabemos que algumas dessas ideias fazem com que se sintam desconfortáveis, e por isso as expusemos. Abracem a totalidade de seus corpos e aquilo que precisa ser feito e prossigam. Trabalhem juntos, brinquem juntos. Mulheres: acordem, leiam o manual do proprietário de seus corpos e descubram que possuem algo valioso. Homens: vocês também possuem algo valioso e esse algo, conhecido como corpo, tem ciclos, ritmos e padrões. Ele pode fazer coisas milagrosas. É uma grande distorção da identidade humana pensar que o sexo serve apenas para a procriação. É ridículo que isso tenha sido ensinado. Ninguém jamais terá de ter um bebê se não quiser. Comecem a pensar e sentir em termos de influenciar todas as funções de seu corpo, incluindo a concepção. Vocês podem dizer: “Sei que meus pensamentos e sentimentos controlam as funções de meu corpo. Eu o influencio e, quando estiver pronto para ter um bebê, energizarei isso. De outro modo, não estou disponível.” Este é um conceito muito libertador a ser considerado.
Se cada mulher do planeta realmente soubesse quanto poder possui, o que vocês acham que o patriarcado faria? Éons atrás, uma versão do patriarcado se viu ameaçada pelo poder das mulheres. Assim, para ocultarem o próprio poder, duvidaram de si mesmas, de modo que os homens pudessem tomar uma posição e dizer: “Deixem-nos ter uma chance de governar o mundo e ver como é.” A força feminina colocou-se na retaguarda. As mulheres concordaram em acreditar que havia uma maldição dentro delas e que a menstruação era ruim. Duvidaram da própria força vital existente dentro delas e se tinham qualquer influência sobre ela. Não apenas as mulheres são afetadas e controladas pela lua. Os homens também são. Vocês nascem através do ciclo feminino e os ciclos sexuais humanos são impressos por este processo. Também, devido ao fato de a lua controlar as marés e de 90% do corpo humano ser composto por água, a lua afeta também as marés dentro desse corpo. Os homens também podem sentir e trabalhar com as flutuações de seus hormônios, conforme seus corpos passam pelos próprios ciclos; podem aprender a reconhecer a sutileza dos ritmos masculinos. Devido às pressões e aos controles implacáveis que cercam os homens, tais ciclos não são tão notados quanto o das mulheres, que são marcados externamente por símbolos como o do sangue. A vibração masculina está em desalinho com a espontaneidade e muito alinhada com a obediência. Obediência a quê? Obediência a ideias que eles abraçam, sem sentir a oportunidade das crenças ou ideias. Sugerimos que mais homens questionem a autoridade e digam: “Não vou fazer isso. Pro diabo com isso. Vou fazer outra coisa.” A vibração masculina é atualmente levada a buscar a mesma liberdade emocional que as mulheres. Sem suas emoções, vocês não podem descobrir quem são. Para compreender os mistérios mais profundos, os homens precisam fazer as pazes consigo mesmos e compreender que as emoções por eles sentidas constituem a porção feminina de si mesmos.
O sangue é mais misterioso para a vibração masculina porque todo o sangue do homem encontra-se no interior do próprio corpo. Não é algo que ele possa ver e sentir a cada mês, como ocorre com as mulheres. A guerra é uma das distorções trazidas pelo patriarcado numa tentativa de dar aos machos o poder do sangue. Contudo, esse sangue não é o mesmo. É um sangue trazido
pela violência, pela destruição da vida, pela mutilação e pelo assassinato, com emoções e sentimentos sufocados e suprimidos. Há apenas uma maneira apropriada de o homem tomar para si o poder do sangue – e é a oferta do sangue feminino feita a ele por uma mulher, que com ele compartilhe esse elixir. Há muitas maneiras de se fazer isso. Comer frutas e hortaliças que tenham crescido em terreno regado com o sangue menstrual é uma maneira óbvia. Também, o homem pode ser marcado, na parte posterior do pescoço e nas solas dos pés, com o sangue menstrual. O corpo do homem absorverá o conhecimento contido nesse sangue. Os homens irão necessitar do sangue das mulheres e estas relembrarão a Deusa dentro de si mesmas e encarnarão o princípio da Deusa. Esse princípio ensinará a vocês a criar um equilíbrio sobre o planeta. É nossa intenção que as mulheres compreendam os mistérios do próprio corpo e compartilhem tais mistérios com a vibração masculina apropriada, sem segredos. Algumas vezes os homens temem o sangue das mulheres. Frequentemente o homem hesita em manter uma relação com uma mulher menstruada. Para a mulher, pode haver ansiedade em relação ao homem achar ou não desagradável a presença do sangue. Se vocês gostam de sexo durante a menstruação, sejam vocês homens ou mulheres, parabéns! Pois vocês superaram uma marca profunda. Vocês estão compartilhando com outra pessoa um profundo nível de conexão celular.
Fazer sexo durante a menstruação, numa relação em que exista um vínculo, é uma maneira muito poderosa de compartilhar o sangue. Esse é um ritual muito antigo e não aconselhamos que compartilhem o sangue menstrual em relações sexuais casuais. Isso é um ato sagrado e poderoso. Por que vocês acham que foi criado esse tabu? Por que vocês, durante éons, foram mantidos afastados dos mistérios do sangue? Talvez seja porque ele abriria as portas de um conhecimento que os deuses não desejavam que vocês tivessem. O sangue contém os arquivos da experiência pessoal, planetária e celestial. Quando o sangue é experimentado numa união sexual, vocês são inundados por ondas de conhecimento, muito além da capacidade que tem de compreender e integrar. Pode levar anos para que o profundo conhecimento descodificado no corpo humano, através do sangue, seja revelado. A contrapartida masculina do sangue menstrual é naturalmente, o esperma. Este, como chips de computador, carrega o código de inteligência para a evolução. Isso está atualmente sendo medido pelo grau em que a vibração masculina pode se lembrar da Deusa e aceitá-la. É o esperma que decide o sexo da criança. O óvulo permanece o mesmo. O esperma toma essas decisões. Ele é a história da Mãe codificada na vibração masculina e contém a interpretação de como o macho relembra essa história. Será que vocês conseguem conceber o fato de que o esperma possui uma ligação telepática com o indivíduo que o produz? Quando um homem faz sexo com uma mulher durante a menstruação dela, seu esperma pode agir como um explorador e, telepaticamente, enviar a esse homem o poder e o conhecimento da mulher. Durante a menstruação, um homem pode ter acesso à identidade
total da mulher. Mulheres: se vocês quiserem ter relações sexuais durante a menstruação, precisam estar prontas para compartilhar com seu parceiro os segredos mais profundos a respeito de quem são. Precisam estar prontas para o fato de que seu parceiro vai assumir e compartilhar seu poder. Ele é o mais antigo dos mistérios. Nas histórias sumérias, os deuses Enlil e Enki disputaram entre si o tratamento e as condições dos súditos, os humanos. O soberano Enki patrocinou os humanos e, através da mulher, presenteou a raça com o conhecimento sexual. O soberano Enlil proibiu estritamente o conhecimento sexual aos humanos, pois temia que isso os tornasse iguais aos deuses. Esses conceitos e afirmações invisíveis, de raiz celular, referem-se à versão atual da história da criação: Adão e Eva, a serpente e o jardim do Éden. O conhecimento sexual foi a dádiva de Enki, enquanto Enlil queria manipular e separar os humanos, para impedi-los de conhecer os atos dos deuses.
Nas mulheres, o sangue é a vibração da cor vermelha. No homem, o esperma é a vibração da cor branca. Misturados, sangue e esperma constituem um outro elixir. Considerava-se a pior heresia até mesmo pensar que os homens pudessem tocar em mulheres menstruadas, quanto mais ter relações sexuais ou misturar esperma e sangue ou, ainda, experimentá-lo. Contudo, em tempos imemoriais, quando a energia da Deusa era compreendida e quando as mulheres eram reverenciadas, a mistura era considerada a bebida da imortalidade para os homens. Eles compreendiam que, quando bebiam sangue menstrual ou misturavam com ele o seu esperma, tornavam-se revitalizados e revigorados. Era uma das chaves da imortalidade.
Esses deuses (chamamo-los deuses livremente e, talvez, deuzinhos e deuzinhas fossem termos mais adequados) ficaram tão enamorados da energia da Deusa, que quiseram ingerir o poder na combinação do esperma com o sangue menstrual. Lembrem-se que o sêmen, ao fertilizar um óvulo, ainda se utiliza do sangue. Ele o utiliza de muitas maneiras diferentes. Vocês todos possuem isso impresso dentro de si mesmos. Trazemos o assunto à tona porque queremos que falem sobre ele. Queremos lembrar-lhes a natureza poderosa de seus próprios corpos, para que os coloquem além das coisas das quais se têm envergonhado. Compreendam que muitas versões de autoridade mantiveram os humanos completamente afastados do conhecimento das maiores dádivas que possuem – as forças vitais do esperma branco e do sangue vermelho. No mito do Jardim do Éden, a vibração feminina recebeu o nome de Eva. Naturalmente, Eva não foi a primeira mulher. É a Deusa quem cria vida. Posteriormente, a história foi alterada, para fazer parecer que a vibração masculina tinha a capacidade de criar vida. Nessa versão da criação, a mulher proveio da costa de um homem. Não foi assim. É sempre a Deusa que sabe criar a vida, porque é ela que carrega o sangue. A bíblia relata a história da Árvore da Vida e da Árvore do Conhecimento. Esta última permite aos humanos serem informados. A capacidade e a prática sexuais equiparam-se à Árvore do Conhecimento, a árvore cujos frutos foram proibidos aos humanos. Eles foram proibidos também de participar da Árvore da Vida. O que é a Árvore da Vida? Muitos acham que a Árvore da Vida é algo que produz um fruto. Diz-se que, através da ingestão do fruto da Árvore da Vida alcança-se a imortalidade. Nos tempos antigos, compreendia-se que esse fruto era o sangue da Deusa. Ele era o fruto da Árvore da Vida. Pensem no próprio corpo e no sistema nervoso como uma árvore. As histórias não falam sobre frutos em árvores, mas dos frutos do corpo – as secreções e substâncias que são, de fato, dádivas dos deuses. Por éons, os deuses mantiveram vocês afastados deste conhecimento.
Manter relações sexuais com uma mulher, quando ela está menstruada, constitui uma das mais altas vibrações, porque vocês atravessam portais para outros domínios. Compartilhar o sangue é assumir a consciência mais elevada. Houve um tempo em que essas coisas era muito “in” e eram respeitadas, porque as pessoas compreendiam o que estava acontecendo. Lembrem-se: houve um tempo em que os maiores inimigos dos cristãos era a parteira, porque ela podia colocar as mulheres em contato com os próprios corpos e as assistia no processo de nascimento. Quando as parteiras foram proscritas e abolidas, as mulheres tinham de ir ao médico (do sexo masculino), aos quais, durante séculos, não era permitido aliviar as dores do parto. Sabem por quê? Porque as leis das antigas religiões diziam que as mulheres precisavam ser punidas por buscarem a liberdade sexual. Essa lei foi realmente levada para o campo médico. Foi apenas nos últimos cem anos, mais ou menos, que se permitiu às mulheres receberam algum tipo de assistência durante o parto e tal assistência é patriarcal, não baseada na maioria dos casos, no conhecimento inato das mulheres. Havia uma tradição de temor em relação à interpretação errônea do poder das mulheres. O medo existente a respeito do mistério que as mulheres carregam precisa ser dissolvido. Este é o tempo da parceria, o tempo do companheirismo. Desejamos falar também da menopausa. Muitas mulheres ficam tristes pelo fato de que, exatamente quando estão começando a compreender o poder da própria menstruação, não menstruam mais. Porém a menopausa é também um tempo de grande poder para as mulheres. Nos tempos antigos, as mulheres idosas eram reverenciadas por sua sabedoria e magia, e esse respeito está retornando. A menopausa envolve uma profunda infusão de energia, marcando o tempo em que a mulher é capaz de manter a própria sabedoria – a conexão com os ancestrais.
Quando a mulher atravessa a menopausa, experimenta uma pausa. Se ela for capaz de apegar-se a essa pausa, alguma coisa se transforma em seu interior e ela chega à sabedoria. Ao longo da história mais recente, quando a menstruação da mulher se interrompia, acreditava-se que se devia temê-la, porque agora essa mulher podia reter o sangue e manter todo o poder desse sangue.
A maioria das mulheres, por volta dos quarenta anos, e algumas mulheres aos trinta, começam a decretar a própria morte, energizando o processo de envelhecimento. As mulheres são afastadas de seus próprios ciclos naturais e, através de pensamentos, ódios e maldições contra os próprios corpos, acabam por desequilibrá-los. Há uma completa falta de compreensão a respeito da menopausa, muito semelhante àquela de que a menstruação é uma maldição. E todo mundo tende a adotar esses conceitos errôneos. Há uma grande dádiva na menopausa e nada é perdido nessa época da vida. É uma época de enormes benefícios e florescimento, bem ao contrário do que lhes foi dito. Frequentemente, homens vasectomizados temem seu próprio poder sexual e creem que não tem controle sobre os próprios corpos. A representação simbólica da vasectomia estabelece seu senso de ausência de poder – que seu esperma e pênis não fazem o que eles, homens, querem. O temor do esperma cria um temor do corpo. Os indivíduos vasectomizados também aceleram problemas relativos à próstata, pois cortar o fluxo do esperma cria dificuldades com o corpo. Não recomendamos a vasectomia. Recomendamos que aprendam a usar seus corpos em vez de condenarem as funções orgânicas me de criarem desvios. Abram-se para um senso de admiração, ao reconsiderarem suas próprias crenças sexuais.
A Deusa tem a capacidade de colocar seus segredos no sangue, porque é o sangue que cria. É por isso que as mulheres sangram e é também por isso que foram impedidas de honrar esse sangramento. Todas essas coisas são fundamentais. Queremos que vocês, como pessoas, desenvolvam uma íntima relação com a Mãe Terra. Como fazer isso? O trabalho básico da Deusa envolve relacionamentos. É assim que vocês se desenvolvem. Vocês nem sempre crescem ficando sozinhos. Vocês precisam pensar: “Oh, tenho mais paz e tranquilidade quando estou sozinho. Tenho mais tempo para estudar, para trabalhar com meu eu e fazer as coisas que escolhi.” Sim, e vocês têm todo o tempo do mundo para evitar o crescimento que ocorre quando se relacionam com outros. É importante que todos vocês desenvolvam relações uns com os outros. Vocês precisam se envolver com as pessoas – em parceria amorosa e sexual, nos negócios, na comunidade e com a família, se não com aquela de sangue, então com a Família da Luz. Vocês todos carregam códigos em seus corpos e precisam uns dos outros. A energia da Deusa não é necessariamente algo que possam atrair como o pilar de luz. Quando imaginam trazer a luz para o corpo e para os chacras, estão literalmente abrindo essas áreas. Estão tomando uma posi8ção como veem a si mesmos como seres densos, sólidos, versus seres cheios de espaço e luz. A Deusa é uma força que está além de tudo isso. Vocês não têm de puxar a Deusa, através dos dedos, para os olhos ou para dentro da Terra – a Deusa simplesmente é. Tornem-se conscientes da vitalidade dela na própria nutrição de todos os sistemas, pois a Deusa é a portadora e a criadora da vida.
Estar vivo é conhecer a Deusa. Procurem essa força dentro de si e em todas as coisas que os cercam. Digam: “Mostre-me, Deusa, quem você é. Quero conhecê-la.” Quando a maioria dos humanos pensava no Criador Primordial como uma personificação masculina, vocês não tinham problemas. Agora, transferir isso para o feminino, alguns de vocês não podem conceber. A vida vem da vibração feminina. Eva não saiu da costela de Adão. Esse conto serviu para dar poder à vibração masculina, que precisava, desesperadamente, ter algum tipo de identidade durante a luta contra a cultura da Deusa. Estamos buscando um equilíbrio. Se olharem ao redor, verão que vocês são homens e mulheres, e todas as histórias da identidade e da criação humanas reúnem a verdade de ambas as forças. Quando buscam o equilíbrio interior com o masculino e o feminino, idealmente estão atraindo um companheiro/a equilibrado/a da mesma maneira. Equilíbrio interior significa que vocês são sua própria fonte e que o próximo passo que darão será unir a própria fonte com uma outra, a fim de sentirem e de tornarem-se uma fonte maior. Não que vocês necessariamente precisem de um companheiro. Porém, o processo natural dos humanos é a construção de algo juntos – reunir as chaves, como aspectos masculino e feminino. Tais aspectos correspondem aos aspectos fisiológicos, que os conduzem aos domínios emocional e espiritual. A androginia representa um aspecto divino do macho e da fêmea integrados. Cada um de vocês tem dentro de si mesmos a força vital chamada kundalini, que é uma expressão da energia da criação. A grande maioria das pessoas do planeta, nem mesmo compreende que existe uma força dentro delas.
O ideal de tudo isso é ter o masculino e o feminino equilibrado. Como homens e mulheres, vocês possuem interiormente essa força vital da kundalini. Ela tem o seu próprio ciclo natural, com grandes picos de atividade. Vocês precisam abrir espaço para essa força vital dentro de seus corpos, para encontrarem a energia da Deusa e criar uma cura, uma transformação e uma percepção. Essa energia está ligada à serpente e encontra-se armazenada na base da coluna – conforme ela sobe a árvore da coluna espinhal, sua energia se espalha por todo o corpo. Não podemos nos mover porque vocês não podem se mover. E vocês não podem se mover porque nós os impedimos de evoluir, ao rearranjarmos vocês geneticamente. Fizemos isso de modo que não pudessem ter as habilidades que temos e não pudessem utilizá-las para nos usurpar. Agora, meio milhão de anos depois, estamos numa enorme encrenca. Sabemos que cometemos um grande erro, se é que há erros a serem cometidos. Resumindo, vocês descobrirão a própria capacidade de criar vida e a habilidade de serem deuses. Por quarenta anos, os cientistas da Terra pretenderam ser deuses, pois criaram vida em laboratórios subterrâneos, revivendo uma dramática lição atlante. Idealmente, a infusão da Deusa restabelecerá o valor moral e o valor da vida, porque a Deusa ama seus filhos, incluindo os répteis, os insetos, o povo gato e todas as formas de vida. Então observaremos vocês e veremos se, ao criarem vida, vocês a limitarão. Será que

terão medo de que a vida que criam se torne maior do que vocês? Será que proibirão a vida que criarem de interagir com a Árvore da Vida e a Árvore do Conhecimento? Ou irão encorajar as vidas que criarem, que serão os seus filhos – a futura raça de crianças azuis – a crescer, buscar e mudar, investindo-os com tudo o que sabem? Se assim o fizerem, eles, em troca, irão ensinar tudo a vocês. Não percebemos, ao criarmos vocês, que vocês tinham algo a nos ensinar. Vocês eram escravos; escavavam a terra à procura de ouro. Alguns deuses ainda estão presos na ilusão. Porém alguns de nós estão evoluindo, e isso, graças àqueles de vocês que foram semeados aqui na Terra para nos ajudar nesta importante tarefa. Agora, precisam transferir suas lembranças para a densidade mais profunda da Terra, para aqueles que não querem lembrar-se, aqueles que estão presos aqui, aparentemente para sempre, através da alteração genética. Todos precisam compreender e perdoar o drama da história. A galvanização da Deusa irá ancorar em um tremendo senso de cura. A Deusa, em Sua compaixão, permite. Aceitar a energia da Deusa dentro de si mesmos irá trazer a todos uma nova compreensão e valorização da vida e um amor novo e mais profundo por toda a criação. Aceitar a Deusa irá abrir a Biblioteca Viva para vocês e ensinar-lhes os segredos guardados no seio da Mãe Terra, pois quem é a Mãe Terra se não a própria Deusa?

Este é o V Capítulo do Livro - Terra - Chaves Pleiadianas para a Biblioteca Viva -- Presente para Download -- Clic Aqui

11 de março de 2017

CocoRosie - Black Rainbow






Black Rainbow

Black poppy sleeps a dreamless night
In summer shade of moony light
Hazy veils of clouds loom low
Like warm kittens close to the earth
Underground bodies stir with no sound
No one to hear them under the ground

Ghost horse and stillborns turn in their cradles
Silvery meadow murmurs the song of
Tiny glow worm glowing
Rain starts her shimmery decent
Into the old leathery sking of the farm

In these times of evil spirits
Of material thugs and mischief
Fearing saint noni's wisdom
And his love for rainbow spirits
Jealous of their faithful heart-bond
And their dancing and their laughing
Made at last a league against them
To molest them and destroy them
Saint noni wise and heart-strong
Often said to rainbowarrior
Oh my brother do not leave me!
Lest the evilspirits harm you!
Rainbowarriors of two spirits
Gentle hand and lion-hearted
He laughed and then he answered
Like a child he softly whispered

We are rainbowarriors
Evil come not near
Rainbow path awaits us
With hearts of love and tearz

He's dead our sweetest mother
Loving father and our teacher
He's gone and forever
He has moved a little nearer
To the master of all laughter
To the master of all song
Oh my brother, oh my brother
Crystal brother of two spirits
Then we gathered in a circle
Stood round the rainbow fire
Burning embers hearts united
We remembered mystical beauty
If you look hard you can find a
Rainbow trail it's deep inside ya
Fear not you're a rainbowarrior
Goldenlight on everything gleaming

We are rainbowarriors
Evil come not near
Rainbow path awaits us
With hearts of love and tearz

We are rainbowarriors
Evil come not near
Rainbow path awaits us
With hearts of love and tearz

--

Arco-Íris Negro

Papoula negra dorme uma noite sem sonhos
Na sombra do verão da luz do luar
Véus enevoados de nuvens formam-se baixas
Como gatinhos aquecidos perto do chão
Corpos subterrâneos movem-se sem nenhum som
Ninguém pra escutá-los debaixo do chão

Cavalo fantasma e nascidos mortos giram-se em seus berços
Prado prateado murmura a canção dos
Pequeninos vagalumes incandescentes
A chuva começa sua luz trêmula descente
Na velha pele de couro da fazenda.

Nesses tempos de maus espíritos
De bandidos materialistas e travessuras
A sabedoria do temível São Noni
E seu amor por espíritos do arco-íris
Invejosos do fiel acordo deles
E de suas danças e de suas risadas
Criaram por fim uma liga contra eles
Para molestá-los e destruí-los
São Noni sábio e firme
Disse várias vezes para o guerreiro do arco-íris
"Oh, meu irmão, não me deixe!
Para que os maus espíritos não te façam mal!"
Guerreiro do arco-íris de dois espíritos
Generoso e corajoso
Ele riu e então respondeu
Como uma criança ele levemente suspirou

Nós somos os guerreiros do arco-íris
O mal não se aproxima
O caminho do arco-íris nos aguarda
Com corações de amor e lágrimas

Ele é com certeza a nossa mais doce mãe
Amoroso pai e nosso professor
Ele se foi e para sempre
Ele se mudou para um pouco mais perto
Do mestre de todas as risadas
Do mestre de todas as canções
Oh meu irmão oh meu irmão
Irmão de cristal de dois espíritos
Então nos reunimos em um círculo
Ficamos ao redor do fogo do arco-íris
Corações que queimam em brasas unidos
Nós nos lembramos da beleza mística
Se você olhar bem você pode descobrir que um
Rastro de arco-íris está lá dentro de você
Não tenha medo, você é um guerreiro do arco-íris
Luz dourada em tudo cintilando

Nós somos os guerreiros do arco-íris
O mal não se aproxima
O caminho do arco-íris nos aguarda
Com corações de amor e lágrimas

Nós somos os guerreiros do arco-íris
O mal não se aproxima
O caminho do arco-íris nos aguarda
Com corações de amor e lágrimas


28 de fevereiro de 2017

Solidão



...e eu me vejo no fundo.

uma alga pontiaguda me tortura,
perfurando os tímpanos,
deslocando os ossos...

...e eu tento te seguir,
com medo da tua sombra.

*


*



Escrevi quando tinha 17 anos

--

(Nayre - 1990)

20 de novembro de 2016

O Pacto Reptiliano


"O homem crente é necessariamente um homem dependente... Ele não pertence a si mesmo, mas ao autor da ideia em que ele acredita."



Eu compreendo isso. É algo totalmente diferente da nossa versão condicionada da realidade. Mas, esse é exatamente o ponto principal. Se você quer manter algo secreto das pessoas, dê a elas uma versão de realidade e possibilidade que seja tão distante do que realmente está acontecendo, que, até mesmo se a verdade vier à luz, ela parecerá absurda e extrema demais para a maioria das pessoas acreditar.
De fato, se você fizer o seu trabalho bem o bastante, as pessoas irão rir da verdade, chamá-la de insanidade, e ridicularizar qualquer um que a promova.
Quando eu alcancei o ponto, alguns anos atrás, onde eu tinha reunido e entendido a estrutura pela qual poucas pessoas controlam a direção do mundo (veja E a Verdade o Libertará), estava claro que esta rede de sociedades e grupos secretos que manipulam a política global, os negócios, os bancos, as forças armadas, mídia, e assim por diante, não poderia ter sido criada dentro de poucos anos ou décadas. Ela tinha que voltar um tempo muito longo.
Assim eu comecei a rastrear suas origens no que nós chamamos de história. Eu fiz isto com o conhecimento de que, por alguma razão, descendência e genética eram vitalmente importantes a esses manipuladores, os Illuminati ou Iluminados - iluminados no conhecimento que o público nunca vê.
Eu segui confortavelmente a pista ao tempo das Cruzadas no Oriente Médio, aos 12º e 13º séculos, aquele "amável" período, e, a partir daí, voltei ainda mais longe: ao mundo antigo e pré-história.
Lá, por todo o planeta, você encontra as lendas e contos antigos de "deuses" de outro mundo que cruzaram com a humanidade para criar uma rede de descendentes híbridos. O Velho Testamento, por exemplo, fala sobre os "Filhos de Deus" que cruzaram com as filhas dos homens para criar a raça híbrida, chamada de Nefilim. Antes que fosse traduzido para o inglês, aquela passagem, dizia "os filhos dos deuses", plural. Mas os contos da Bíblia são apenas alguns dos muitos que descrevem o mesmo tema.
As Tábuas de barro sumérias, achadas no local que nós chamamos agora de Iraque, na metade do século 19, conta uma história semelhante. É estimado que elas foram enterradas ao redor de 2,000 AC, mas as histórias que elas contam voltam muito antes disso. As Tábuas falam de uma raça de "deuses" de outro mundo que trouxe conhecimento avançado para o planeta e cruzou com humanos para criar uma descendência de híbridos. Esses "deuses" são chamados nas Tábuas, os "Anunnaki" que aparentemente traduz como "aqueles que do céu para a Terra vieram."
Os contos antigos nos falam que estes descendentes híbridos, resultantes da fusão dos genes de humanos selecionados com os dos "deuses", foram postos nas posições de comandar o poder real, especialmente no antigo Oriente Médio e Próximo Oriente, em culturas avançadas como a Suméria, Babilônia e Egito. Mas isto também aconteceu em outros lugares, como você descobrirá se pesquisar, por exemplo, nas informações surpreendentes fornecidas neste site pelo shaman zulu africano, Credo Mutwa, e nos incríveis Credo vídeos, Agenda Reptiliana, partes um e dois. Ele conta a mesma história vinda da tradição negra africana que eu tenho descoberto em outros lugares do mundo.
Os contos sobre a "raça serpente" em culturas antigas são simplesmente intermináveis para onde quer que você olhe, e o simbolismo serpente-reptiliano em relação aos Anunnaki e outras versões destes "deuses" são igualmente difundidos. Nós vemos isto na Bíblia, por exemplo, com a serpente no "Jardim do Éden" - uma história que claramente vem dos contos Sumérios, assim como a história de Moisés nos juncos, uma história contada sobre um rei Sumério muito antes da Bíblia. É por isso que eu achei tão surpreendente quando Zecharia Sitchin, o melhor e mais conhecido tradutor das Tábuas Sumérias, me disse que não havia nenhuma evidência de uma raça serpente no mundo antigo. Claro que há. Ele também me aconselhou fortemente em relação à raça serpente... "não vá lá". Por que? Quando a evidência, antiga e moderna, é tão enorme?
Destes descendentes híbridos veio "o direito divino dos reis", a crença de que somente aqueles de "sangue azul" têm o direito de governar dado por Deus. Na verdade esse direito não é "divino". É o direito de governar dado pelos "deuses" reptilianos por via de sua genética híbrida.
Estes híbridos se tornaram depois as famílias reais e aristocráticas da Europa e, graças ao "Grande" Império britânico e aos outros impérios europeus, eles foram exportados para as Américas, África, Austrália, Nova Zelândia, e diretamente para o Distante Oriente onde eles conectaram-se com outros híbridos reptilianos, como aqueles, mais obviamente, na China onde o simbolismo do dragão é a base da cultura deles.
Estas linhagens híbridas reptilianas-humanas se tornaram os governantes políticos e econômicos daquelas terras ocupadas pelos impérios europeus e elas continuam governando esses países ainda hoje. Os Estados Unidos da América tem sido o lar de centenas de milhões de pessoas desde 1776. E o que é mais surpreendente é que essas pessoas vieram de uma incrivelmente diversa mistura genética. E contudo, espere por isto, os 42 homens que se tornaram Presidentes dos Estados Unidos são todos relacionados!!! Trinta e três deles sozinhos estão relacionados à Carlos Magno, um dos monarcas mais famosos do que nós chamamos agora de França. Acontece que ele é uma figura principal na história e na expansão dessas linhagens híbridas para a Inglaterra, a França, a Alemanha, e para outros lugares.
Os Rothschilds, os Rockefellers, a família real britânica, e as famílias que controlam a política e a economia do EUA e do resto do mundo vêm desta MESMA linhagem. É por isso que as assim chamadas famílias do Estabelecimento Oriental dos Estados Unidos cruzam entre si tão obsessivamente quanto as Famílias reais e "nobres" europeias sempre fizeram. Assim como outras famílias similares ao redor do mundo. Elas não fazem isso por serem snobes, mas para manterem, da melhor forma que puderem, uma estrutura genética: a combinação do DNA réptil-mamífero, a qual permite que eles mudem de forma.
Você também verá referências neste site para "mudança de forma", o fenômeno no qual testemunhas informam terem visto pessoas (freqüentemente aquelas em posições de poder), transformar-se diante dos seus olhos, de uma forma humana para uma réptil e então retornar à forma humana. Você achará muito sobre isto em O Grande Segredo. E Credo Mutwa confirma exatamente a mesma experiência na África negra. Uma vez mais, antigos e modernos contos apoiam uns aos outros. Os deuses antigos dos Vales Indus, os Nagas, eram ditos terem sido capazes de assumir ou a forma humana ou a réptil.
O presidente anterior dos EUA, George Bush, incidentemente, é mencionado mais do que qualquer outra pessoa em minhas experiências em relação à mudança de forma.
Presidentes não são "El-ected" (eleitos) por votos,
eles são "SEL-ected" (selecionados) por sangue.
Al Gore, o seu oponente "Democrático" no Estado de um único partido, também é desta linhagem genética. Olhe quase em qualquer lugar no mundo para uma posição significativa de poder e você achará o mesmo.
O simbolismo reptiliano que você vê ao seu redor em gárgulas, em brasões, em propaganda, e assim por diante, é tudo parte disto.
Estes "deuses" não poderiam assumir o controle do planeta abertamente porque não há bastante deles, assim eles estão fazendo isto secretamente, disfarçando-se de humanos. Filmes como Eles Vivem, A Chegada (o primeiro, não a seqüência), e a série de televisão americana, V, conta a história do que REALMENTE está acontecendo. Se você é novo a tudo isto, eu sugiro que você pense em assistir estes filmes para acordar pra realidade o mais depressa possível.
Os pesquisadores de conspirações e da Nova Ordem Mundial também têm seus próprios sistemas de crença políticos e religiosos para defender e enquanto eles descobrem um nível da conspiração, a maioria rejeita e até mesmo ridiculariza o que eu estou dizendo sobre a conexão reptiliana. Tudo bem, mas a menos que eles entendam este quadro maior eles nunca irão, em minha visão, entender o que está verdadeiramente acontecendo ao nosso redor.
Como disse Ghandi:
"Mesmo se você está em uma minoria de um,
a verdade ainda é a verdade."
E como resultado das ondas que O Grande Segredo têm causado, e as novas informações, experiências, e contos que o livro e este website tem atraído do mundo inteiro, há uma compreensão crescente de que esta aparentemente bizarra e louca história é de fato verdade. Que o mundo realmente pode ser controlado por linhagens genéticas reptilianas que se escondem por atrás de uma forma aparentemente humana. E é este entendimento que reúne todas as informações aparentemente desconexas neste site em um grande e conectado todo.
O controle da mente
O controle mental está obviamente muito relacionado a religião, que é, para mim, a melhor forma de controle mental em massa já inventado. Assim como propaganda e televisão. Mas o controle de mente vai muito mais fundo do que isso. Os projetos de controle da mente dos Illuminati-reptilianos têm produzido literalmente milhões de robôs mente-controlados que são programados para levar a cabo a Agenda da Illuminati.
Há muitas formas eletrônicas através das quais isto é feito hoje, mas um dos métodos-chave é o controle da mente baseado no trauma. Onde pessoas são traumatizadas por abuso sexual, violência, são forçadas a testemunhar e tomar parte em rituais de sacrifício humano e outros incontáveis horrores. Tais experiências ativam o mecanismo da mente que bloqueia recordações de trauma extremo.
Um exemplo disto, o qual muitas pessoas experimentaram, é quando elas não podem recordar de um grave acidente de carro. Elas podem se lembrar de antes e depois do acidente, mas não do impacto. A mente põe uma barreira amnésica ao redor da memória assim nós não temos que continuar revivendo o acidente. Isso é uma boa coisa, mas a Illuminati tem desenvolvido métodos de usar esta técnica para traumatizar uma mente seguidamente até que ela se fragmente em várias barreiras amnésicas desconectadas. Eles então programam esses diferentes fragmentos da mente (altares como eles os chamam) com tarefas diferentes. As tarefas são pré-programadas para serem ativadas com um "gatilho", que pode ser uma palavra, uma cor, um som, ou o que quer que seja. Uma vez que o gatilho é determinado, o programa se fecha e a pessoa fará tudo o que ela foi programada pra fazer.
Essa tarefa pode ser ter sexo com um político famoso, a qual elas não se lembrarão; assassinar alguém como John Lennon; enlouquecer com uma arma em uma escola, o que conduz para políticas de controle de armas, etc. Os campos de concentração da Alemanha Nazista sobre a supervisão do "Anjo da Morte", Josef Mengele, foram uns dos principais centros para tais experimentos. Mengele foi levado para os Estados Unidos e América do Sul depois da guerra pela Illuminati com o nome de Doutor Green ou Greenbaum para continuar o seu horroroso "trabalho". Isso resultou no notório projeto de controle mental, MK Ultra. O Centro de armas navais China Lake no deserto da Califórnia foi uma das suas primeiras bases de operação.
O ABUSO E O RITUAL SATÂNICO DE ABUSO DE CRIANÇAS, E CERIMÔNIAS DE
SACRIFÍCIO HUMANO EM GERAL
Estarrecedor como isso pode parecer, tudo isso acima é maciçamente difundido no mundo inteiro. Está acontecendo dentro de sua comunidade agora, não importa onde você esteja. Eu, e outros, temos revelado isto durante anos e agora, como você verá neste site, a escala disto, e as pessoas famosas envolvidas, estão finalmente vindo à luz.
Em parte, estes rituais e redes de abuso são para traumatizar pessoas, especialmente as crianças, mas é muito mais do que apenas isso. Siga as linhagens genéticas Illuminati-reptilianas do mundo antigo até agora e você verá que elas SEMPRE tomaram parte em cerimônias de sacrifício humano e SEMPRE beberam sangue. Os sacrifícios para os "deuses" nos contos antigos, eram literalmente sacrifícios para os reptilianos e suas linhagens genéticas híbridas. A história do Drácula, o bebedor de sangue, é simbólica desses "vampiros" reptilianos. Um dos locais deste grupo reptiliano parece ser o sistema estelar conhecido como Draco (dragão), e "draconiano" certamente resume a Illuminati.
Para sustentar a sua forma humana, essas entidades precisam beber sangue humano (mamífero), e acessar a energia que ele contém para manterem seus códigos genéticos em sua expressão "humana". Se eles não fazem isso, eles manifestam os códigos reptilianos deles e, dessa forma, todos nós veríamos o que eles realmente se parecem. "Oh meu Deus, Sr. Presidente, você sempre toma seu café da manhã dentro do quarto?"
Do que eu entendi através de informações de pessoas que já trabalharam pra essa "gente" (ex insiders), o sangue (energia) de bebês e de crianças pequenas é o mais efetivo para isso, como também é o sangue de pessoas loiras e de olhos azuis. Conseqüentemente essas são as pessoas predominantemente usadas em sacrifício e, ao que parece, também as pessoas de cabelo vermelho.
É por isso que pessoas como George Bush, Henry Kissinger, e uma corrente de outros "grandes nomes" da Illuminati estão expostos em meus livros e neste site como reptilianos que mudam de forma e que tomam parte em sacrifícios humanos e bebem sangue. Os dois acontecem juntos. Parece haver também uma ênfase muito significativa entre os Illuminati-reptilianos e os seus aliados com pedofilia, que é excessiva neste planeta.
Eu também gostaria de enfatizar antes de eu terminar aqui, que eu estou expondo certos GRUPOS reptilianos por trás da Illuminati, não a corrente genética reptiliana em geral. Há muitos de origem reptiliana que estão aqui para ajudar a humanidade a se livrar desta escravidão mental e emocional. De fato, todos nós temos um corpo com muitos genes répteis, inclusive parte do cérebro chamado de complexo-R, o cérebro réptil.
Eu confio que este breve resumo o ajudará a ver a relevância de todos os artigos e informações que você achará neste site. No fim, todas essas aparentemente desconexas "conspirações" são parte de UMA conspiração projetada para introduzir UMA agenda: O controle reptiliano do Planeta Terra e de toda a sua população.



TEXTO ADICIONAL:

O PACTO REPTILIANO (O “Pacto Secreto”)

Autor desconhecido


Será uma ilusão tão grande e tão vasta, que ela escapará da percepção deles.
Aqueles que virem isso, serão tidos como insanos.
Criaremos frentes separadas de atuação para evitar que eles vejam a conexão que existe entre nós.
Nos comportaremos como se não estivéssemos conectados, para manter viva a ilusão.
Nosso objetivo será alcançado gota-a-gota, para nunca trazer suspeitas sobre nós.
Isto também irá evitar que eles vejam as mudanças a medida em que elas estiverem ocorrendo.
Estaremos sempre acima do campo relativo da experiência deles, pois nós sabemos os segredos do absoluto.
Trabalharemos sempre juntos e permaneceremos ligados pelo sangue e pelo segredo. A morte virá para aquele que falar.
Nós manteremos suas vidas curtas e suas mentes fracas, enquanto fingimos fazer o contrário.
Usaremos nossos conhecimentos de ciência e de tecnologia de formas sutis, para que eles nunca vejam o que está acontecendo.
Usaremos metais suaves, aceleradores de idade e sedativos nos alimentos e na água, e também no ar.
Eles estarão cobertos de venenos em todas as direções que se voltarem.
Os metais suaves irão causar a eles a perda de suas mentes.
Iremos prometer encontrar a cura em nossas muitas frentes, no entanto nós iremos alimentá-los com mais venenos.
Os venenos serão absorvidos através de suas peles e bocas, levando-os a destruir suas mentes e sistemas reprodutivos.
De tudo isso, seus filhos nascerão mortos, e nós iremos esconder esta informação.
Os venenos estarão escondidos em tudo que os cercam, no que eles bebem, comem, respiram e vestem.
Precisamos ser espertos na disseminação dos venenos, pois eles vêem longe.
Nós ensinaremos a eles que os venenos são bons, utilizando imagens engraçadas e músicas bonitas.
Aqueles que eles procurarem irão ajudar. Nós os alistaremos para repassarem os nossos venenos.
Eles irão ver nossos produtos sendo usados em filmes e irão crescer acostumados com eles e nunca saberão os seus verdadeiros efeitos.
Quando eles nascerem, iremos injetar venenos no sangue de suas crianças e convenceremos a eles que é para ajudá-los.
Começaremos bem cedo, quando suas mentes estão jovens, e nós visaremos suas crianças com o que as crianças mais amam, coisas doces.
Quando seus dentes estragarem, nós os encheremos de metais que irão matar suas mentes e roubar seus futuros.
Quando a capacidade deles de aprender tiver sido afetada, nós criaremos medicamentos que irão torná-los mais doentes e que causarão outras doenças, para as quais nós iremos criar ainda mais medicamentos.
Iremos fazer com que eles sejam dóceis e fracos perante nós, usando nosso poder.
Eles crescerão com depressão, devagar e obesos, e quando vierem nos pedir ajuda, nós iremos dar a eles mais veneno.
Iremos focalizar a atenção deles para o dinheiro e bens materiais, de tal forma que eles nunca possam conectar-se com seu eu interno.
Iremos distraí-los com fornicação, prazeres externos e jogos, tal que eles nunca possam ficar um com a unicidade do Todo.
Suas mentes nos pertencerão e eles farão o que mandarmos.
Se eles se recusarem, iremos encontrar modos de implementar tecnologias de controle mental em suas vidas. Usaremos o medo como nossa arma.
Nós iremos impor seus governos e estabeleceremos oposição dentro deles. Iremos controlar ambos os lados.
Nós iremos sempre esconder nosso objetivo, mas levaremos adiante nosso plano.
Eles irão trabalhar para nós e nós iremos prosperar com o trabalho deles.
Nossas famílias nunca irão se misturar com as deles.
Nosso sangue precisa ser sempre puro, pois este é o caminho.
Nós faremos eles se matarem entre si, quando isso nos convier.
Nós manteremos eles separados da unicidade através de dogma e religião.
Nós controlaremos todos os aspectos de suas vidas e diremos a eles como e o que pensar.
Nós os guiaremos bondosa e gentilmente, deixando eles pensarem que estão guiando a si mesmos.
Fomentaremos a animosidade entre eles através de nossas facções.
Quando uma luz brilhar entre eles, nós iremos extingui-la usando o ridículo ou a morte, o que nos for melhor.
Iremos fazer com que rompam seus próprios corações e matem suas próprias crianças.
Iremos conseguir isto usando o ódio como nosso aliado, e a raiva como nossa amiga.
O ódio irá cegá-los totalmente, e nunca irão ver que, de seus conflitos, nós emergiremos como seus governantes.
Eles estarão ocupados se matando entre si.
Eles se banharão em seu próprio sangue e matarão seus vizinhos durante o tempo que acharmos conveniente.
Nós nos beneficiaremos muito deste fato, pois eles não nos verão, já que eles não conseguem nos ver.
Continuaremos a prosperar devido às suas guerras e suas mortes.
Iremos repetir isso sem cessar até que nosso objetivo final seja alcançado.
Continuaremos a fazer com que vivam com medo e raiva, usando imagens e sons.
Usaremos todas as ferramentas que dispomos para conseguir isto.
As ferramentas serão fornecidas pelo trabalho deles.
Faremos com que se odeiem entre si e odeiem seus vizinhos.
Sempre ocultaremos a verdade divina deles, de que somos todos um.
Eles nunca devem saber disso!
Eles nunca devem saber que a cor é uma ilusão, devem sempre pensar que eles não são iguais.
Gota-a-gota, iremos avançando em direção ao objetivo.
Iremos roubar-lhes a terra, recursos e riqueza para exercer controle total sobre eles.
Nós os enganaremos para aceitar leis que irão roubar a pouca liberdade que eles possuirão.
Estabeleceremos um sistema monetário que os aprisionarão para sempre, mantendo eles e seus filhos em dívidas.
Quando eles se reunirem em bandos, nós iremos acusá-los de crimes e apresentaremos uma história diferente para o mundo, pois nós iremos ser donos de toda a mídia.
Usaremos nossa mídia para controlar o fluxo de informação e o sentimento deles em nosso favor.
Quando eles se insurgirem contra nós, nós os esmagaremos como insetos, pois eles são menos que isso.
Eles não terão condições de fazer nada, já que eles não disporão de armas.
Recrutaremos alguns deles para levar adiante nossos planos, iremos prometer a eles a vida eterna, mas a vida eterna eles nunca terão pois não são um de nós.
Os recrutas serão chamados de “iniciados” e serão doutrinados para acreditar em falsos ritos de passagem para os reinos mais elevados.
Membros desses grupos [os illuminati] pensarão que eles são um conosco, nunca sabendo a verdade.
Eles nunca devem saber essa verdade, pois eles se voltarão contra nós.
Pelos seus trabalhos, eles serão recompensados com coisas materiais e grandes títulos, mas nunca se tornarão imortais e se juntarão a nós, nunca receberão a luz e nunca viajarão para as estrelas.
Eles nunca alcançarão os reinos superiores, pois a matança de seus semelhantes irá impedir a passagem para o reino da iluminação.
Isto eles nunca saberão.
A verdade estará escondida nos seus rostos, tão perto que eles serão incapazes de focarem ela, até que seja tarde demais.
Oh sim, tão grande será a ilusão de liberdade, que eles nunca irão saber que eles são nossos escravos.
Quando tudo estiver em seu lugar, a realidade que tivermos criado para eles irá possuí-los.
Esta realidade será a prisão deles.
Eles viverão em auto-ilusão.
Quando nosso objetivo for conseguido, uma nova era de dominação irá começar [a Nova Ordem Mundial, New World Order].
Suas mentes estarão limitadas por suas crenças, as crenças que nós estabelecemos desde tempos imemoriais.
Porém se eles conseguirem descobrir que são iguais a nós, então nós iremos morrer. ISTO ELES NUNCA PODEM SABER.
Se eles conseguirem descobrir que juntos eles podem nos derrotar, eles tomarão esta ação.
Eles nunca, jamais, devem descobrir o que nós temos feito, pois se eles descobrirem, nós não teremos nenhum lugar para ir, pois será fácil de ver quem nós somos, uma vez que o véu caia.
Nossas ações irão revelar quem nós somos e eles nos caçarão e nenhuma pessoa nos dará abrigo.
Este é o pacto secreto pelo qual viveremos pelo resto das nossas vidas presente e futura, pois esta realidade irá transcender muitas gerações e muitos períodos de vida.
Este pacto é selado com sangue, nosso sangue. Nós, aqueles que do céu para a terra vieram.
Este pacto NUNCA, JAMAIS pode ser conhecido que exista.
Ele NUNCA, JAMAIS deve ser escrito ou falado pois se ele for, a consciência que ele produzirá irá liberar a fúria do CRIADOR PRIMORDIAL sobre nós e nós seremos lançados para as profundezas, de onde viemos, e permaneceremos lá até o fim do tempo infinito.
PENSEM, PENSEM, PENSEM, PENSEM...